29/04/12

Nova revisão do projecto "Taurus"

Implementando as modificações apresentadas no post de 4 de Dezembro de 2011, decidi avançar com a próxima revisão deste amplificador: a revisão B. Esta nova versão é baseada no integrado LM3876, e tem uma ponte rectificadora e um circuito de muting para cada canal. Para além disso, foram feitas correcções à semelhança do projecto "Monoblocus" (conforme poderá ler no post de 2 de Abril).

O diagrama do circuito já está pronto. Ainda falta desenhar o layout da placa, entre outras coisas. Se não houver entraves de maior, espero lançar esta revisão antes do final do ano. Entretanto disponibilizei alguns ficheiros no repositório de ficheiros, os quais poderá consultar a partir do seguinte endereço: http://www.box.com/s/9ef373188e28dfbaec05.

18/04/12

Coluna de som "Cygnus" (Rev. 1)

Este projecto é uma revisão menor do projecto "Cynus" apresentado no post de 21 de Maio de 2011. O circuito é o mesmo e, por conseguinte, as características eléctricas e sonoras são idênticas às do projecto original. Apenas foi alterado o desenho da placa de circuito impresso, que agora inclui máscara de solda.

Relativamente à montagem da placa, as pistas devem ser estanhadas tal como é sugerido no layout da máscara de solda. De resto, o processo de construção deste projecto é semelhante, pelo que é aconselhável seguir as notas do projecto original.

Links importantes:
Layout da placa: http://www.box.com/s/871c71cb256f2c1724f9
Pasta contendo todos os ficheiros: http://www.box.com/shared/ph793oy4z4

14/04/12

Soundcard Oscilloscope

Soundcard Oscilloscope é uma ferramenta criada por Christian Zeitnitz que funciona não só como osciloscópio, mas também como analisador de espectro e como gerador de sinais. Utiliza a placa de som do computador para receber e gerar sinais, sendo uma solução satisfatória para quem pretende ter um osciloscópio ou um gerador de sinais a custo zero. No entanto, há que ter em conta que este software não substitui os equipamentos reais.

Soundcard Oscilloscope.

Este software é muito completo no que diz respeito às funcionalidades que traz. O osciloscópio tem dois canais e possibilita a regulação de amplitude independente para cada canal, regulação de base de tempo e vários modos de disparo. Através do modo gráfico X-Y é possível visualizar figuras de Lissajous. O gerador de sinais é extremamente completo também, dado que permite gerar sinais com diversas formas de onda (sinusoidal, triangular, quadrada, em dente de serra) e permite fazer varrimento em frequência. Esta é uma ferramenta que recomendo vivamente, por ser gratuita e de grande utilidade.

Links:
Soundcard Oscilloscope: http://www.zeitnitz.de/Christian/scope_en

07/04/12

Em esboço: Amplificador de áudio "Monoblocus Magnus"

Decidi pôr em prática a ideia que divulguei no post de 13 de Março e tenho agora um primeiro esboço do circuito. No entanto, este projecto ainda está no seu início e a sua viabilidade é discutível. Há que realizar testes em placa de ensaio e há que desenhar o layout da placa de circuito impresso, entre outras coisas. Se não encontrar obstáculos de maior, espero ter o projecto concluído antes do final do ano.

02/04/12

Amplificador de áudio "Monoblocus" (Rev. 1)

Esta é uma revisão menor do projecto "Monoblocus" apresentado no post de 18 de Dezembro de 2011. A resposta em frequência deste amplificador apresenta-se agora mais ampla a nível de graves. Esta melhoria corrige um erro, repetido tanto no projecto original deste amplificador como na revisão A do amplificador Taurus, pois na altura não considerei a atenuação de graves motivada pelo uso de condensadores de acoplamento (1µF) na etapa de entrada destes amplificadores (o que faz com que, na realidade, a frequência de corte inferior a -3dB seja de 27,19Hz e não de 7,234Hz). Fiz outras pequenas alterações a nível do circuito e do layout da placa que não influenciam o desempenho do amplificador.

Parâmetros de funcionamento:
- V a. mín. = 207V RMS
- V a. máx. = 253V RMS
- Z L mín. = 4Ohm

Características eléctricas:
- I a. (V a. = 230V RMS, Z L = 4Ohm) = 496,4mA RMS
- I a. (V a. = 230V RMS, Z L = 8Ohm) = 343,9mA RMS
- P (V a. = 230V RMS, Z L = 4Ohm) = 114,2W
- P (V a. = 230V RMS, Z L = 8Ohm) = 79,10W

Características de amplificação:
- Impedância de entrada: 9,559KOhm
- Sensibilidade de entrada: 500mV RMS
- Ganho: 30,63dB (34V/V)
- Resposta em frequência (-3dB): 12,91-120000Hz
- Potência de saída (Z L = 4Ohm): 45W
- Potência de saída (Z L = 8Ohm): 29W

O circuito é muito semelhante ao do projecto original, havendo apenas a introdução de dois díodos e alterações nos valores de outros dois componentes. Os díodos D1 e D2 direccionam eventuais correntes de fuga provenientes do transformador para a terra (via repicagem no chassis) impedindo, no entanto, a ocorrência de fenómenos de ground loop. Com vista a alargar a resposta em frequência do amplificador, o condensador C10 passa a ser de 100µF. Com esta alteração, o condensador C8 tem maior peso na atenuação das baixas frequências, servindo o condensador C10 para minimizar qualquer componente DC no sinal de saída do amplificador. O resistor R8, da célula de Boucherot, passa a ser de 4,7 ohms. Este é o valor mais adequado ao regime de carga previsto para o amplificador.

Componentes:
C1/4 – Condensador electrolítico 10mF 50V;
C2/5/7 – Condensador electrolítico 100µF 50V;
C3/6/11 – Condensador de poliéster 100nF 63V;
C8 – Condensador de poliéster 1µF 63V;
C9 – Condensador cerâmico 220pF 63V;
C10 – Condensador electrolítico não polarizado 100µF 10V;
D1/2 – Díodo rectificador 1N4005;
D3-6 – Díodo rectificador 1N5400;
D7/8 – Díodo rectificador 1N4001;
F1 – Fusível lento 1A;
F2/3 – Fusível lento 3,15A;
HS – Dissipador passivo de 1,2°C/W;
IC1 – Opto-acoplador TLP521-1;
IC2 – Amplificador de áudio de potência LM3876 (LM3876TF);
J1 – Conector IEC C14;
J2 – Conector RCA fêmea;
JW – Fio multifilar 26AWG;
L – Bobina de núcleo de ar 16 espiras Ø6mm 22AWG;
LP – Lâmpada de néon resistorizada 230V~;
R1 – Resistor de carvão 1,2KR±5% 1W;
R2/6 – Resistor de carvão 33KR±5% 1/8W;
R3 – Resistor de carvão 12KR±5% 1/8W;
R4 – Resistor de carvão 47KR±5% 1/8W;
R5/7 – Resistor de carvão 1KR±5% 1/8W;
R8 – Resistor de carvão 4,7R±5% 1W;
R9 – Resistor de carvão 10R±5% 1/2W;
S – Interruptor bipolar;
T – Transformador toroidal 230V~ 2x18V~ 120VA.

A placa de circuito impresso é muito semelhante à do projecto original, e requer os mesmos cuidados na sua preparação. O modelo da caixa a usar é o mesmo, não existindo diferenças na furação. A montagem faz-se exactamente do mesmo modo. Convém seguir as notas do projecto original.

Links importantes:
Diagrama do circuito: http://www.box.com/s/4d1b3de2d26508d5293b
Layout da placa: http://www.box.com/s/14463b7fa6da50016944
Pasta contendo todos os ficheiros: http://www.box.com/s/7qareyp95zac6xe8qi94