20/04/19

Software melhorado para o gerador de funções GF2

Na sequência do post anterior, disponibilizo o software mais actual para o gerador de funções GF2, mais especificamente novas versões dos pacotes contendo os comandos de controlo e a interface gráfica. O código-fonte dos comandos de controlo foi melhorado de modo a que estes executem de forma um pouco mais eficiente. Todavia, a melhoria mais assinalável foi feita na interface gráfica, que agora permite ao utilizador guardar os parâmetros de geração de sinal num ficheiro XML, assim como carregar os referidos parâmetros do mesmo.

Versão 2.0 da interface gráfica. Esta nova versão da aplicação permite carregar e guardar definições de geração de sinal.

Os pacotes podem ser descarregados através dos links abaixo. Devo sublinhar que todo este software é aplicável à versão já existente do gerador de funções, não havendo quaisquer incompatibilidades.

Links importantes:
Comandos de controlo: https://app.box.com/s/wpp6...6eus
Interface gráfica: https://app.box.com/s/47yr...qvq2

08/04/19

Brevemente: Gerador de funções GF2 (Rev. A)

No post de 10 de Julho do ano passado apresentei uma primeira versão do gerador de funções GF2. Entretanto verifiquei que, ao produzir um sinal com frequência superior a 2MHz e com uma carga de 50Ω na respectiva saída analógica, esta primeira versão do GF2 mostra um sinal com distorções na passagem por 0V. Ainda mais, essas distorções tendem a agravar-se com o aumento da frequência ou da amplitude do sinal produzido, independentemente da forma de onda que o mesmo possa ter. Concluí que tal fenómeno se deve a uma limitação do amplificador operacional OPA2830, que opera na etapa de amplificação final da saída analógica (consulte o post acima indicado para mais pormenores).

De modo a resolver o problema, optei pela substituição do referido amplificador operacional, que nesta nova revisão passa a ser do tipo LMH6612. Fiz outras modificações ao projecto, as quais não irei enumerar aqui. Porém, é importante frisar que a nova versão do gerador de funções pode ir até 8MHz no que concerne à geração de sinais sinusoidais, sem que se verifique qualquer distorção. A imagem seguinte ilustra uma comparação dos sinais produzidos pela versão original (sinal traçado a vermelho) e pela nova versão (sinal traçado a amarelo).

Comparação entre formas de onda: revisão 0 (a vermelho) 'versus' revisão A (a amarelo). Ambos os instrumentos estão a gerar sinais sinusoidais com frequência e amplitude definidas a 8MHz e 3Vpp respectivamente, e têm cargas de 50Ω nas suas saídas.

Feita esta breve introdução, espero lançar a nova revisão do projecto dentro dos próximos meses. Adianto que todas as modificações que o projecto sofreu já foram testadas e validadas, estando o processo de revisão praticamente fechado.