22/08/11

Acordo Ortográfico?

Um rotundo não! Não me vou debruçar muito acerca das razões linguísticas que fundamentam o meu não, até porque este é um blogue sobre electrónica. Penso que o novo Acordo Ortográfico é absurdo e desnecessário. Simplesmente não há razões para "uniformizar" a língua, até porque esta é um organismo vivo, que deve evoluir de acordo com as necessidades do povo que a usa e não por imposição de acordos "convenientes".

Em suma, não vou aderir. A palavra "projectos" continuará a ser escrita com "c" antes do "t", assim como a palavra "electrónica".

2 comentários:

  1. Absurdo, irracional e completamente inútil é escrever letras que quando lidas não produzem qualquer som!
    Infelizmente ainda sobram os H's iniciais!

    Esperei muitos anos por este acordo ortográfico!

    E não fui educado no Brazil...
    Fui educado em Portugal e desde que me ensinaram a escrever sempre disse que era completamente irracional escrever carateres que não são traduzidos em som!

    Em 2015 será considerado erro ortográfico não seguir o novo acordo.

    ResponderEliminar
  2. Caro RJSC, o Português deriva do Latim, e por isso é que é correcto escrever consoantes mudas. Existe uma razão histórica para isso. Eu cá gosto de continuar a pensar que os Egípcios vivem no Egipto (senão lá teriam que ser Egícios) e que quando apresento um facto não estou a apresentar uma mera peça de roupa.

    A minha atitude pode parecer-lhe obtusa, mas é com grande prazer que a partir de 2015 vou cometer grandes calinadas. Por enquanto ainda existe liberdade de expressão. Eu irei usufruir dela não só quanto ao conteúdo, mas também quanto à forma. Se o caríssimo pretender ir pelo novo acordo, acho bem. São opiniões.

    ResponderEliminar