24/02/13

Díodos rectificadores

Um díodo rectificador não é mais do que um díodo convencional dimensionado para suportar correntes relativamente elevadas. É basicamente constituído por uma pastilha de silício contendo uma junção P-N, que é colocada entre dois terminais e envolta num corpo de resina epóxi. Tal como a maioria dos díodos, permite a passagem da corrente apenas num sentido: do ânodo (A) para o cátodo (K) (note que, na realidade, os electrões só podem fluir do cátodo para o ânodo). Os díodos rectificadores podem assumir vários tamanhos, consoante a corrente que suportem. Tipicamente têm uma banda no encapsulamento para identificar o cátodo.

Díodos rectificadores.

Símbolo esquemático e desenho do encapsulamento.

A tabela abaixo apresenta uma selecção de díodos rectificadores mais vulgares, categorizados de acordo com a corrente média e a tensão inversa nominais.

50V100V200V300V400V500V600V800V1000V
1A1N40011N40021N40031N40041N40051N40061N4007
1,5A1N53911N53921N53931N53941N53951N53961N53971N53981N5399
3A1N54001N54011N54021N54031N54041N54051N54061N54071N5408
6A6A056A16A26A46A66A86A10
10A10A0510A110A210A410A610A810A10

Sem comentários:

Enviar um comentário